!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quinta-feira, 11 de maio de 2017

5 situações em que pode ser tentador compararmo-nos aos outros


Um dos conselhos que dei aqui para aceitarmo-nos melhor a nós mesmos é deixarmo-nos de comparar aos outros. Infelizmente, às vezes, é muito difícil fazê-lo. Há sempre situações em pode ser tentador compararmo-nos aos outros. Nem sempre é fácil resistir a essas tentações, mas é algo que devemos fazer, porque estarmos constantemente a comparar-nos aos outros só nos irá levar à loucura e porque somos todos diferentes e, por mais que nos esforcemos, nunca seremos igual a x pessoa.

Estas são algumas situações em que pode ser tentador compararmo-nos aos outros.


1. Quando um amigo perde muito peso: Quando um amigo teu perde muito peso tu, além de sentires orgulho dele, também podes sentir inveja. Mesmo que não tenhas peso em excesso, sentes um pouco de ciúmes pela grande conquista deles ( principalmente as mulheres, que muitas são umas viciadas em dieta e em perder peso). Porém, algumas vezes, a conquista desse teu amigo pode fazer-te sentir mal em relação ao teu peso. Não deixes que esta comparação te faça sentir mal. Se tens de perder peso, usa a conquista dos teus amigos como motivação e inspiração.

2. Quando alguém tem mais dinheiro que tu: O dinheiro pode não trazer felicidade, mas ajuda bastante. E sentimos particular inveja por aqueles que têm mais que nós, mas isso não nos vai ajudar em nada. Concentra-te em pensar que, daqui a alguns anos, poderás ter a sorte de ganhar mais, com uma promoção ou, quem sabe, um novo emprego. Contudo, mesmo que isso não aconteça, sempre  podes concentrar-te em poupar e gerir melhor as tuas despesas.

3. Quando tens irmãos/primos: Quando se tem irmãos, às vezes, sentimos que os nossos pais gostam mais deles do que nós. Mesmo não tendo irmãos, quando era mais nova, achava que os meus pais gostavam mais da minha prima do que de mim. A verdade é que, mesmo que haja um favoritismo e/ou que os nossos irmãos/primos sejam melhores do que nós, isso não é problema nosso, é dos nossos pais. Pais que são bons pais têm que ceder a esta tentação de ter favoritos, e amar os filhos de igual maneira. Quando isso não acontece, infelizmente, é mau, mas não é problema nosso.

4. Quando algum colega de escola/trabalho tem mais sucesso do que tu: Na escola, há sempre aquele aluno excecionalmente bom que faz inveja a toda a gente. No trabalho, há sempre alguém com mais experiência e com mais sucesso que nós. Em ambas as situações, devemos lembrarmo-nos que estamos a dar o nosso melhor e que também temos as nossas capacidades e qualidades. Uma coisa boa que podemos fazer é transformar este pensamento negativo de que " x colega é melhor do que nós" numa motivação para fazermos mais e melhor.

5. Quando simplesmente sentes que não és bom o suficiente: Por muito que existam situações que instigam mais a comparação do que outras, a verdade é que podemos sentirmo-nos tentados a comparar aos outros em todas as situações, sobretudo se nos sentirmos inseguros em relação a nós mesmos. Se nos sentirmos inseguros, acharemos que qualquer pessoa é mais bonita/inteligente/boa que nós. Contudo, compararmo-nos desta maneira aos outros pode ser destrutivo. Cada um de nós tem a sua vida, sonhos diferentes, o que significa escolhas e caminhos diferentes, por isso não faz sentido compararmo-nos aos outros. No máximo dos máximos, só faz sentido compararmo-nos aos outros se for para nos motivar a ser melhores. Todavia, devemos evitar comparações, não vale a pena.


E vocês? Em que situações se sentem tentados em compararem-se aos outros?
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

7 comentários:

  1. identifico-me com a quarta situação quando andava na escola

    r: obrigada querida, segui de volta :)

    ResponderEliminar
  2. Acho que a 5ª situação é a mais tentadora.
    Beijinhos grandes!

    chamammepequenita.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, tens razão, a comparação é frequente! É urgente percebermos o quão auto-destrutiva ela pode ser!
    https://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Eu devo dizer que me enquadro mais no "quando não es bom o suficiente" :(
    Mas o resto as vezes existe alguma tendência a acontecer em alguma altura da vida.
    Beijinhos**
    Rose
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  5. Eu tento evitar, mas a verdade é que há sempre momentos em que gostaríamos de ter/ser o mesmo que o "vizinho"... É importante sermos felizes com o que temos e somos :))

    ResponderEliminar